terça-feira, 29 de março de 2011

Morre aos 79 anos o ex-vice-presidente José Alencar

Empresário que lutava contra o câncer desde os anos 90 projetou-se para a política nacional ao se tornar vice de Lula

 

Morreu hoje em São Paulo, aos 79 anos, o ex-vice-presidente da República José Alencar. Mineiro de Muriaé, o empresário do setor têxtil que entrou para a política e transformou-se em vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava internado desde o início da tarde de ontem no Hospital Sírio-Libanês, pouco mais de dez dias depois de receber alta. Ainda nesta terça, haverá um velório no hospital Sírio-Libanês. Amanhã, o corpo de Alencar será velado em Brasília, no Palácio do Planalto. O enterro acontece em Belo Horizonte, em Minas.
Alencar lutava contra o câncer desde a década de 90 e morreu por falência múltipla dos órgãos, às 14h41. Seu quadro agravou-se nesta semana, quando os médicos detectaram uma nova perfuração intestinal. O estado de saúde do ex-vice era grave ao ponto de impedir que fosse realizada uma nova cirurgia para tentar reverter o problema. Em novembro de 2010 e em julho de 2009, Alencar passou por três cirurgias para tratar o mesmo problema.
Ao longo dos anos, Alencar foi submetido a 17 cirurgias. A primeira delas foi em 1997, quando passou por um procedimento no rim e no estômago. Em 2002, passou por outra operação, na próstata. Desde 2006, foram vários procedimentos, todos eles para tratar o câncer no abdome. Uma das mais complicadas operações foi realizada no dia 25 de janeiro de 2009, quando o ex-vice-presidente ficou por 17 horas em uma sala de cirurgia para a retirada de tumores do local.

Desde o início deste ano, Alencar teve de retornar em diversas ocasiões ao Sírio-Libanês. Passou por sessões de quimioterapia, tratou um quadro de hipertensão, teve um edema agudo do pulmão e precisou substituir um cateter no rim esquerdo. Nas poucas declarações públicas que concedeu nos últimos meses, fez questão de deixar claro que não temia as consequências da doença. "Não tenho medo da morte. Tenho medo da desonra", dizia.
Trajetória
Alencar nasceu em uma família humilde e montou um dos maiores conglomerados industriais do Brasil, a Coteminas. Nascido em 17 de outubro de 1931, ele havia comemorado seu aniversário apenas uma semana antes de ser internado.
Alencar, que era um dos 15 filhos de Antônio Gomes da Silva e Dolores Peres Gomes da Silva, começou a dar expediente aos sete anos na loja de seu pai. Aos 18 anos, montou seu primeiro negócio com dinheiro emprestado de seu irmão mais velho. Liderou mais de uma empresa até criar a Coteminas, que nasceu de uma sociedade com o deputado Luiz de Paula Ferreira iniciada no fim da década de 60.
A atividade industrial o levou à política. Antes de entrar em sua primeira disputa eleitoral, Alencar foi presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria. Sua primeira experiência nas urnas foi frustrada. Ele disputou e perdeu a eleição para o governo de Minas Gerais em 1994. Quatro anos depois foi eleito senador com mais de 3 milhões de votos pelo PL (hoje PR).
Vice
A escolha de Alencar para ocupar a vice de Lula em 2002 foi a fórmula encontrada para vencer a resistência de setores do empresariado brasileiro ao então candidato à Presidência e ex-líder sindical. Diante do envolvimento de seu partido com o escândalo do mensalão, Alencar optou por deixar o PL em setembro de 2005 e anunciou sua entrada no nanico PRB.

segunda-feira, 21 de março de 2011

SHOW DE MILTINHO MAGALHÃES NA FESTA DO ALTO SÃO JOSÉ EM CORRENTES-PE DIA 20-03-2011





































sábado, 19 de março de 2011

Dilma pede a Obama 'parceria entre iguais' de EUA e Brasil

Presidente dos EUA foi recebido com honrarias militares no primeiro compromisso de seu giro latino-americano

Em pronunciamento após encontro privado no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff pediu uma "parceria entre iguais" com o presidente dos EUA, Barack Obama, que iniciou neste sábado em Brasília um giro de cinco dias pela América Latina. "Nossa relação é um construção entre iguais, por mais distintos que sejam os paises em população, em poderio militar", disse Dilma ao lado do líder americano.
Em seu discurso, Dilma reiterou sua aspiração a um assento permanente ao Conselho de Segurança da ONU, afirmando que o Brasil pleitea a vaga porque "um mundo mais multilateral é fundamental para todos".
Obama foi recebido na manhã deste sábado por Dilma Rousseff em uma cerimônia que começou às 10h28. O líder americano passou as tropas em revista antes de subir a rampa do Planalto, onde encontrou Dilma e o ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota. A primeira-dama Michelle Obama já estava no topo da rampa, onde chegou separadamente do marido. Após execução dos hinos americano e brasileiro, Obama entrou no palácio, onde posou para fotos ao lado de Dilma, cumprimentou ministros e autoridades e viu uma exposição de artistas brasileiros.
Presidente do EUA desembarca ao lado da mulher, Michelle, e das filhas Malia e Sasha
Foto: Reuters
Presidente do EUA desembarca ao lado da mulher, Michelle, e das filhas Malia e Sasha

 

Na manhã deste sábado, Obama e Dilma participaram de uma reunião avançada para acertar os detalhes dos tratados e acordos entre EUA e Brasil. No total, são oito atos e dois acordos relativos a parcerias nas áreas comercial, econômica, social, cultura e ciência e tecnologia. Michelle não ficou para a reunião no Planalto para poder participar de um evento cultural com jovens brasileiros no restaurante Oca da Tribo, no Setor Clube Esportivo Sul de Brasília
A cerimônia no Planalto começou um pouco mais de duas horas depois de Obama chegar, com sua família, à Base Aérea de Brasília, para começar a primeira etapa de um giro latino-americano de cinco dias que incluirá o Chile e El Salvador e foi descrito pela Casa Branca como "emblemático".
Em sua mensagem semanal, que coincidiu com o início de sua primeira viagem pela região, Obama afirmou neste sábado que a aliança com a América Latina é cada vez mais "vital" para os EUA. "Sempre tivemos um vínculo especial com nossos vizinhos do sul. É um vínculo que nasce de uma história e de valores comuns, e milhões de americanos com raízes na América Latina o reforçam", afirmou Obama em seu discurso gravado, divulgado nos EUA na manhã deste sábado. Já em entrevista concedida à revista Veja, o líder americano disse que os EUA não estão em declínio e buscam uma relação mais próxima com o Brasil.
Com sua mulher, Michelle, e as filhas Malia e Sasha, o líder americano desembarcou às 7h42 na Base Aérea depois de o avião Air Force One ter pousado às 7h31. Após o desembarque, Obama e sua comitiva seguiram para o hotel Golden Tulip, onde ficaram antes do encontro com Dilma e receberam camisetas e chinelos de dedo de presentes.
Logo após a chegada à base aérea, representantes do governo brasileiro e americano assinaram os dez acordos e tratados de cooperação anunciados posteriormente na declaração oficial no Planalto. Entre os documentos há memorandos para o Comércio e para parcerias em grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas de 2016

Luciana Santos visita Alagoas pelo aniversário do PCdoB

Atendendo a convite feito pela direção estadual do Partido em Alagoas, a deputada federal, vice-presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos, estará em Alagoas para atividades em Maceió, Delmiro Gouveia e outros municípios do Alto Sertão, no próximo dia 1º de abril, em atos comemorativos ao 89º aniversário do Partido.

 

O PCdoB em Alagoas, vivendo um processo de revitalização, em que estão sendo renovadas em novas bases as direções e a própria composição do Partido nos municípios, e de construção de seu projeto político para 2012, convidou para estar presente no estado a ex-prefeita de Olinda, vice-presidente nacional do Partido e deputada federal por Pernambuco, Luciana Santos.

Em sua visita ao Alto Sertão do estado de Alagoas, Luciana participará de atos nos municípios de Delmiro Gouveia, Água Branca, Piranhas, que reunirão lideranças da região, representantes partidários e correligionários, nos quais, além da comemoração do 89º aniversário do PCdoB, deverão ser recebidas novas filiações ao Partido.

Segundo o presidente estadual do PCdoB, Eduardo Bomfim, a presença de Luciana Santos no estado de Alagoas e, em particular, no Alto Sertão, expressa bem o esforço e a importância que a direção estadual tem dado à construção do partido em Alagoas e de seu projeto político para 2012 apoiado num conjunto partidário qualificado, destacando a possibilidade de lançamento da candidatura do vereador Edvaldo Nascimento a prefeito de Delmiro Gouveia, município onde foi o candidato a deputado estadual mais votado nas últimas eleições.

Para Edvaldo Nascimento, Luciana Santos que foi prefeita de Olinda por dois mandatos, com grande aprovação, além de ter sido eleito como seu sucessor o também comunista Renildo Calheiros, mostra que o Partido está empenhado em trazer para o debate com a população de Delmiro Gouveia e dos municípios do Alto Sertão alagoano, uma figura de grande expressão no Partido e na sociedade, com a experiência administrativa do PCdoB na prefeitura de um grande município.

De Maceió, Selma Villela.

terça-feira, 15 de março de 2011

Assaltante é morto ao ameaçar refém com faca em Garanhuns- Pernambuco

Foto: Reprodução de TVA Polícia matou um bandido que ameaçou uma refém com uma faca durante uma tentativa de assalto em uma farmácia, em Garanhuns (PE), na noite desta segunda-feira. A vítima foi levada em estado de choque para o hospital depois de ser libertada, mas já teve alta.

Segundo a  Polícia Militar (PM), o ladrão fazia a atendente do estabelecimento refém e foi morto por policiais que negociavam a liberação dela  ao ameaçá-la com uma faca. A PM informou também que a farmácia tinha sido  invadida por dois homens, mas um deles fugiu antes da chegada da polícia ao local.

sexta-feira, 11 de março de 2011

Dois fortes terremotos voltam a sacudir o Japão

Mais dois fortes tremores - de 6,2 graus e 6,1 graus na escala Richter - voltaram a sacudir o Japão, horas depois do abalo causado pelo terremoto mais forte já registrado no país - de 8,9 graus, que provocou mais de 300 mortes e deixou mais de 500 pessoas desaparecidas. A informação é do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).
Veja como encontrar amigos e familiares no Japão
Embaixada nega ocorrência de vítimas brasileiras
Veja imagens da destruição
Veja vídeos da tragédia no Japão
Está no Japão ou tem familiares no país? Escreva para o R7
Os novos tremores ocorreram com um intervalo de três minutos. O primeiro, de 6,2 graus, ocorreu às 15h59 desta sexta-feira, no horário de Brasília (3h59 de sábado no horário local), com uma profundidade de apenas 1 km. O segundo, às 16h03 (4h02 no horário local), com 24,8 km de profundidade.
Ainda não há relato de estragos causados por esses terremotos. Ambos ocorreram perto da costa norte do Japão.
O tremor de 8,9 graus provocou um tsunami, com ondas de mais de dez metros que varreram áreas residenciais e fazendas, levando consigo centenas de pessoas, carros, barcos e casas.
Ondas gigantes mataram centenas

A polícia japonesa disse ter encontrado entre 200 e 300 corpos boiando na cidade de Sendai. Autoridades afirmam que todos os 1.200 moradores da região de Wakabayashi, em Sendai, foram atingidos pelas ondas gigantes, segundo o site do jornal Japan Times.

O jornal Japan Times e agências de notícias também informam que as autoridades deram por desaparecido um trem de passageiros no nordeste do país. Uma embarcação com cerca de cem pessoas a bordo foi arrastada pelas ondas gigantes de um tsunami na região da cidade de Miyagi, nordeste do Japão, indicaram os meios de comunicação.


Há relatos de incêndios em Kensenuma, na região de Miyagi. Houve mortes registradas em Iwate, Fukushima, Miyagi, Tokyo, Ibaraki, Chiba, Kanagawa e Tochigi.

O abalo afetou ao menos uma usina nuclear, mas até o momento não foram registrados vazamentos radioativos, de acordo com a agência de notícias France Presse. A agência de Reuters informou que a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, anunciou que os EUA enviaram com urgência seladores para as instalações nucleares do país. Ao menos 11 usinas foram esvaziadas e cerca de 7.000 pessoas tiveram de ser retiradas dos arredores da central que fica na região de Fukushima.

Há relatos de que um trem e um navio de passageiros desapareceram após a passagem do tsunami. O número de mortos varia, mas agências internacionais citam de 200 a 300 corpos encontrados na costa de uma das cidades atingidas, Sendai.

quarta-feira, 2 de março de 2011

TIÃO SIMPLICIO DE CORRENTES-PE, DESTAQUE NA TV ASA BRANCA VEJA A REPORTAGEM EM VIDEO (LINK ESTÁ ABAIXO)

Artesão da cidade de CORRENTES-PE usa papel para confeccionar máscaras carnavalescas

Da Redação do Portal +AB

CLIC AQUI PARA ASSISTIR AO VÍDEO 

 
Alegrar os folIões e também ajudar a natureza fazendo máscaras com papel reciclável . É assim que um artesão da cidade de Correntes, no Agreste, faz todos os anos. 

 

MAIS ACESSADAS

Web Radio Portalcorrentes